Política de publicações da Sociedade Hegel Brasileira

A Sociedade Hegel Brasileira, desde a sua criação em 2001, tem como um de seus objetivos estimular a divulgação das pesquisas hegelianas para o desenvolvimento de sua recepção e interpretação no Brasil. Para isso, foi criada a Revista Estudos Hegelianos em dezembro de 2004. Junto com isso apoia-se a tradução das obras de Hegel e de seus comentários, tanto em nível pessoal, como coletivo.

A Secretaria de Publicações da SHB é um dos meios que articula e apoia a publicação da pesquisa hegeliana brasileira e internacional através das redes digitais e impressas: Revista Estudos Hegelianos; traduções de obras hegelianas; livros eletrônicos e impressos; publicação de artigos; dissertações e teses. Os leitores poderão acessar estes tipos de publicações através de pesquisas em buscadores digitais e redes sociais.
Fazemos, abaixo, referência às obras de Hegel traduzidas em português, ordenando-as conforme a data de sua primeira publicação no Brasil.

Obras de Hegel traduzidas em português no Brasil

1936: HEGEL, G. W. F. Enciclopédia das Ciências Filosóficas (3 vols). Tradução de Lívio Xavier. Rio de Janeiro: Editora Athena, 1936.

1985: HEGEL, G.W.F. Enciclopédia das Ciências Filosóficas em Compêndio (1830). Tradução de Paulo Meneses e colaboração de José Machado. Vol. I: A ciência da lógica. São Paulo: Loyola, 1985.

1992: HEGEL, G. W. F. Fenomenologia do Espírito. Trad. Paulo Meneses. 2 vols. Petrópolis: Vozes, 1992.

1995: HEGEL, G. W. F. Enciclopédia das ciências filosóficas em compêndio (1830). Tradução de Paulo Meneses e colaboração de José Machado. Vol. III: A filosofia do espírito. São Paulo: Loyola, 1995.

1995: HEGEL, G. W. F. Como o senso comum compreende a Filosofia. Trad. Eloisa Araújo Ribeiro. São Paulo: Paz e Terra, 1995.

1997: HEGEL, G. W. F. Enciclopédia das ciências filosóficas em compêndio (1830). Tradução de José Machado e colaboração de Paulo Meneses . Vol. II: Filosofia da natureza. São Paulo: Loyola, 1997.

1999: HEGEL, G. W. F. Filosofia da História. Trad. Maria Rodrigues e Hans Harden. Brasília: Editora UnB, 1999.

1999: HEGEL, G. W. F. Cursos de Estética. Trad. Marco Aurélio Werle e Oliver Tolle; consultoria de Victor Knoll. Vol. I. São Paulo: Edusp, 1999.

2000: HEGEL, G. W. F. Cursos de Estética. Trad. Marco Aurélio Werle e Oliver Tolle; consultoria de Victor Knoll. Vol. II. São Paulo: Edusp, 2000.

2002: HEGEL, G. W. F. Cursos de Estética. Trad. Marco Aurélio Werle e Oliver Tolle; consultoria de Victor Knoll. Vol. III. São Paulo: Edusp, 2002.

2004: HEGEL, G. W. F. Cursos de Estética. Trad. Marco Aurélio Werle e Oliver Tolle; consultoria de Victor Knoll. Vol. IV. São Paulo: Edusp, 2004.

2007: HEGEL, G. W. F. Fé e Saber. Trad. Oliver Tolle. São Paulo: Hedra, 2007.

2007: HEGEL, G. W. F. Sobre as maneiras científicas de tratar o Direito natural. Trad. Agemir Bavaresco e Sérgio Christino. São Paulo: Loyola, 2007.

2010: HEGEL, G. W. F. Filosofia do Direito. Linhas Fundamentais da Filosofia do Direito ou Direito Natural e Ciência do Estado em Compêndio. Trad. Paulo Meneses, Agemir Bavaresco, Alfredo de Oliveira Moraes, Danilo Vaz-Curado R. M. Costa, Greice Ane Barbieri e Paulo Roberto Konzen. São Paulo: Loyola; São Leopoldo: Unisinos, 2010.

2011: HEGEL, G. W. F. Ciência da Lógica (Excertos). Trad. Marco Aurélio Werle. São Paulo: Barcarolla, 2011.

2012: HEGEL, G. W. F. As órbitas dos planetas. Trad. Paulo Meneses e Danilo Vaz-Curado R. M. Costa. Rio de Janeiro: Confraria do Vento, 2012.

2016: HEGEL, G. W. F. Ciência da lógica. A Doutrina do Ser. Trad. Christian G. Iber, Marloren L. Miranda e Federico Orsini. Coordenador: Agemir Bavaresco. Colaboradores: Michela Bordignon, Tomás Farcic Menk, Danilo Costa e Karl-Heinz Efken. Petrópolis: Vozes, 2016.

2017: HEGEL, G. W. F. Ciência da lógica. A Doutrina da Essência. Trad. Christian G. Iber e Federico Orsini. Coordenador: Agemir Bavaresco. Colaboradoras: Marloren L. Miranda e Michela Bordignon. Petrópolis: Vozes, 2017. (No prelo)